AVENTURA SUPERNERD PARA O PRÓXIMO ENCONTRO NO SAIA DA MASMORRA (DIA 27/10/2012)

UMA AVENTURA SUPERNERD PARA DRAGON AGE

 

 

A AGÊNCIA DOS ERRANTES

 

Esta aventura para Dragon Age, será mestrada por mim no próximo encontro do “Saia da Masmorra” e como sempre, modifiquei bastante, fiz fichas personalizada para o sistema e coloquei um monte de personagens amaldiçoados que tem como objetivo livrar-se destas mazelas que não só colocam suas vidas em risco como as das pessoas que eles mas amam, e é então que entra a tão misteriosa Agência dos Errantes, supostamente localizada num pequeno povoado dentro da Floresta de Brecilian e que tem como objetivo principal unir aventureiros para objetivos comuns, mas para isso os candidatos devem receber indicações especiais, chamados Brasões, que são fornecidos juntamente com a localização secreta da agência, por algum nobre afiliado ou magos apóstatas da agência. A aventura começa com uma breve história de cada personagem que já conseguiu seu valioso brasão e estão se dirigindo à agência em busca de um grupo com o objetivo suicida de adentrar as terras desconhecidas do sul, onde lendas dizem conter espólios de combates milenares entre homens, deuses e demônios e que lá estaria uma estátua que ao ser tocada livraria qualquer um de qualquer doença ou maldição, mas as lendas também dizem que seres destas épocas ainda se rastejam pelos pântanos e bosques deste lugar. Os aventureiros suicidas e desesperados são:

 

VON MOREK: Um elfo urbano que profanou um templo dedicado ao Deus sol, e roubou a coroa de ouro maciço da imagem, em conseqüência todas as vezes que Morek entra num combate sua sombra também entra. O objetivo da sombra é matar Morek a qualquer custo e a ordem é levada ao “pé da letra” e esta tarefa pertence só a ele, logo no combate ele ataca todos os inimigos de Morek e no final do combate volta-se contra ele. Repetidas vezes, Von Morek tem que matar este servo de sombra, que possui todas as suas habilidades, mas metade de sua energia.

 

MORTMOR: Este mago-humano-apóstata usou por longo tempo a magia proibida do sangue, o que corrompeu sua alma e o fez ser possuído por uma criatura do “Turvo”, houve um combate espiritual e Mortmor conseguiu vencer, mas em troca foi amaldiçoado, sua carne se desprende de seus ossos a cada dia, dando a ele um aspecto funesto, seu rosto já não possui mas carne e um manto recobre sua face horrenda, em contrapartida Mortmor quando revela sua face, seus olhos queimam em brasa e seus inimigos tem seus piores medos revelados (ataque de medo).

 

MOLAK: Um humano guerreiro que achou um misterioso gládio (pequena espada usada por lutadores de arena) cristalizado em seiva de árvore. Após queimar a seiva e tocar na espada teve sua mente afetada por alucinações fortíssimas durante três dias, após isso todas as criaturas menores que um ser humano são gigantes para ele, e todas maiores que um humano são pequeninos, isto em termos de jogo aumenta ou diminui em 7 pontos a força da criatura e para criaturas diminutas como uma formiga ou enorme como um dragão, a força pode variar em 10.

 

 

RALVEK – Homem livre Fereldeniano – ladino – Atacado por um animal desconhecido em suas caçadas, sempre que é ferido transforma-se numa besta-fera, o controle sobre a transformação e a condição para a criatura voltar-se contra seus amigos, tem dificuldade 13, sendo dois testes distintos. A criatura tem cara e corpo de lobo, é alada e cospe ácido e sua ficha de referencia rápida vem junto com o personagem.

 

ABNAEL: ELFO_MAGO_ APÓSTATA – Ao ser pago para matar uma bruxa, o feitiço virou literalmente contra o feiticeiro. Abnael foi morto pela bruxa com um punhal amaldiçoado e retornou a vida como vampiro, agora ele precisa viver longe do sol, de cruzes, água benta e alho e precisa de sangue no lugar de alimento, nada faz diferença, nem água nem comida, apenas sangue. Sua magia foi conservada e o poder das trevas lhe deu a habilidade de transformar-se em névoa e em morcego e pode curar-se ingerindo sangue, ou seja, toda vez que sugar uma criatura joga 2d6, que é o máximo por criatura. As transformações duram 3d6 de turnos, usam dois pontos de vida para realizá-las, ao invés de mana e cada criatura possui sua ficha de referencia rápida. Obs: sangue guardado em frascos ou odres não curam, porém substituem alimentos.

 

É isso ai rapaziada, mas devo fazer mais dois personagens um anão da superfície e uma ladina humana, claro, todos amaldiçoados heheheh, e pra finalizar abaixo as fichas customizadas por mim, os desenhos eu mesmo fiz e as fichas levam o selo supernerds, que você pode usar distribuir à vontade dando os devidos créditos. O encontro é sempre no mesmo local, como diz o Luciano Tolkien, fica no templo nerd do Rio de Janeiro, na nossa Point HQ de Ipanema, Rua Visc Pirajá, 207 - Ipanema, Rio de Janeiro - RJ, 22410-001, pertinho do metro e tudo de graça. Vê se sai desta masmorra e vem jogar, abraços nerds.

 

Alexandre (guima) supernerds

 

 

 

 

 

 

 

 

NERDADO POR supernerds às 12:56