PUBLIQUE SEU POST NA NOSSA PÁGINA

Segunda-feira , 25 de Julho DE 2011

Visionários, Os Cavaleiros da Luz Mágica

 

 

 

Olá galera nerd, essa aqui é especialmente para os nerdsauros, àqueles que acompanharam estas séries animadas dos anos 80, e esta em especial é pra lá de rara, dificilmente você achará esta série em português. A série foi produzida as avessas do que é hoje em dia, dos muitos desenhos "marketeiros" que lançam seus primeiros episódios já com a intenção de promoverem bonecos, carrinhos etc.. baseados na série. Visionários foi baseado na série de bonecos com o mesmo nome fabricado pela "HASBRO" e foi produzido apenas 13 episódios pela Sunbow Productions e apresentado no Brasil no programa da XUXA em 1988.

A história é de um planeta chamado Prysmus, em outra dimensão, que detém grande tecnologia, mas quando seus sóis se alinham tudo para de funcionar deslocando Prymus no tempo para as épocas da magia, então, basicamente, o mundo fica dividido em dois grupos os cavaleiros espectrais e os lordes da escuridão, que são convocados pelo mago Merklin para cumprirem missões na montanha de ferro e serem presenteados com grandes poderes mágicos. Ao cumprirem tal missão cada um ganha o poder de se transformarem em hologramas vivos, como uma fusão das suas armaduras tecnológicas e a magia de Merklin. Cada holograma é chamado de totem e representam animais que mais condizem com sua personalidades, além, é claro dos cetros que alguns possuem e que dão poderes mágicos aos principais personagens, um libera um monstro que destroi tudo a sua frente, outro faz aparecer um gênio sábio que informa qualquer coisa que o usuário perguntar e assim vai... e o detalhe que dá ocharme do desenho, todos os cetros funcionam com recitais mágicos em rimas, maneiro né?? abaixo nós dos supernerds desenterramos todas as falas de evocação.

 

- Cetro da Sabedoria
Carregado por Leoric, ativado chamava uma coruja que lhe dava informações sempre através de enigmas.

 

Antigos segredos de um tempo incerto;
Eu vos evoco, informem vosso servo.



- Cetro do Conhecimento
Arzon o invocava, parecia com um gênio, com um cérebro envolto em energia e profundo conhecedor dos mistérios desta terra:

 

A vontade, o pensamento, isso é poder;
Acorde minha mente para o grande saber.



- Cetro da Força
Esse era o Cetro de Cryotek. este invocava um gigantesco arqueiro que disparava uma flecha gigante e avassaladora

 

Três sóis poderosos, tão primitivos;
Concedam a este arco, o poder infinito.



- Cetro da Velocidade
Quando Witterquick invocava o poder do guardião do vento que o impulsionava distancias a velocidades inimagináveis

 

Mergulho meus pés nos ventos do morro;
Com pernas velozes, sobre a terra eu corro.



- Cetro da Podridão
O Cetro de Darkstorm, quando ativado, invocava uma criatura com asas negras que quando cobria o alvo o deixava velho ou em casos de coisas materiais as despedaçava.

 

Pelo que arrepia, e pelo que rasteja;
Que tudo que respira, também apodreça.



- Cetro do Medo
quando Cravex, conjurava sua aranha do medo, bastava uma picada e a vítima logo via seus piores pesadelos.

 

Ó poços de névoa, sombras do desconhecido;
Faça-os sentir o terror infinito.



- Cetro da Destruição
Esse Cetro é o nosso favorito, e quando Cindar o utilizava soltava uma gigante criatura que destruia tudo pela frente e as vezes se voltava contra eles mesmos.

 

Pela mão da natureza, a arte que prepara;
O que antes era um, agora se separa.



- Cetro da Invulnerabilidade
Lexor, conhecido por sua covardia, conjurava uma proteção contra quase qualquer coisa.

 

Flecha pontuda, espada letal;
Que nada penetre esta carcaça mortal.

 

ai esta um dos episódios para você se refestelar com essa maravilha dos anos 80, pena que são tão raros e não achamos mais, quem tiver informações por favor nos informem, abraços nerds.

 

 

 

NERDADO POR supernerds às 01:48
Quinta-feira , 07 de Julho DE 2011

DRAGON AGE

DRAGON AGE é um jogo eletrônico que graças a feliz idéia da empresa GREEN RONIN transformou-se em "pen and paper" ou seja, virou RPG. veio num box super maneiro e de fácil manuseio para iniciantes, mas o jogo peca em funcionalidade, haja visto que sairá em 4 box (maldito Marketing) e no primeiro box o jogador só terá acesso até ao 9º nível do personagem, bom deixando de lá as controvérsias, vamos extrair o que há de melhor nesta mais nova geração do nosso "hobby".

 

 

Guia do Jogador

Esse livro é a pedra fundamental do primeiro conjunto de Dragon Age RPG. As regras básicas do jogo, as opções de personagens e sua evolução são apresentados nas 64 páginas do Guia do Jogador. De leitura bastante agradável e didática, a introdução do livro e seus 6 capítulos conseguem inserir de forma bastante satisfatória novatos ao nosso hobby, explicar o funcionamento do sistema de jogo e apresentar em linhas gerais o cenário de campanha.

Logo após a introdução, que explica o “bê-a-bá” do RPG aos iniciantes (o que pode ser repetitivo para jogadores experientes), o Guia do Jogador apresenta Thedas (na verdade apenas o reino de Ferelden), nossa ambientaçãoem Dragon Age RPG.Apesar de não trazer uma visão aprofundada do cenário (algo que os detalhistas de plantão podem se queixar), o texto consegue passar informações vitais a respeito da história, geografia e sociedade do reino, material mais do que suficiente para situar o grupo de jogadores na atmosfera de Dragon Age RPG e ainda deixar um “gostinho de quero mais” para os próximos conjuntos da série.

 

 

GUIA DO MESTRE

 

Este livro é uma verdadeira mão na roda para aqueles que desejam assumir o manto do mestre e conduzir os personagens de seus amigos por aventuras através de Ferelden. O Guia do Mestre traz todos os passos e dicas para mestres iniciantes, mas que podem ser aproveitadas também pelos mais experientes. Apesar, da minha “carreira” de 12 anos mestrando, curti muito as dicas e orientações do livro, pois, apesar da simplicidade, elas são bastante úteis e objetivas.

 

No capítulo inicial temos o que pode ser considerado uma oficina de mestres. Somos apresentados à arte de mestar de uma forma agradável e divertida, tendo sempre em vista aqueles jogadores que nunca antes conduziram uma partida de RPG. Dicas do que fazer e do que não não fazer, como construir aventuras, como identificar os estilos de cada jogador, etc. Tudo isso e algo mais está incluído nessa seção. E, como tudo no Guia do Jogador, bem explicado e exemplificado.

 

 

 

É isso ai, os Supernerds tem a honra de deixar mais esta dica de um bom RPG para iniciante, que é o DRAGON AGE, ele está custando aproximadamente R$ 60,00 e é um bom preço para um box deste estilo e qualidade, com boas ilustrações e regras bem explicadas para sentar e iniciar e finalmente agradecemos imensamente a Dimitri Gadelha que foi a nossa fonte de inspiração para este post.

Na seção de Downloads vocês irão encontrar a ficha de personagem em português, o Grimório, que é uma ficha separada para as magias e um guia rápido da regra pois estes são legais colocar no Blog o restante é pirataria e é crime!!

um grande abraço à galera NERD e joguem RPG.

 

NERDADO POR supernerds às 19:16

VISITAS NERDS

últ. comentários

  • Olá Jorge, desculpe eu estou para ressaltar o link...
  • OLA, ENCONTREI MEU JOGO CONTATOS COSMICOS QUE ESTA...
  • Na locomotion eram outras falas.."Molha os pés na ...
  • E demais
  • Opa! retificando...abraços nerds

PARCEIROS






















arquivos

PESQUISA

 

subscrever feeds

NÓS NO TWITER

TweetsWind: a Twitter widget

CLIQUE NO LINK ABAIXO E DIVIRTA-SE COM O HUMOR DO SHIMUUU

Licença Creative Commons
conteudo do blog http://supernerds.blogs.sapo.pt/ de Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported.
Based on a work at .

responda ao nosso nerd quis